PÁGINA INICIAL DICIONÁRIO          LITERATURA                 QUEM SOMOS              FALE CONOSCO                    100 ERROS               SIMULADOS

 

Complementos Verbais

São dois os complementos verbais:  objeto diretoobjeto indireto:

01) Objeto Direto

É o termo que completa o sentido de um verbo transitivo direto, sem auxílio da preposição.

Ex. As meninas costuraram as saias com jeitinho.
     
Denise comprou um computador para trabalhar.

O objeto direto pode ser representado por:                                        Objeto direto preposicionado
                                                                                                                          O objeto direto pode vir regido pela preposição a quando:

a) substantivo.
Exemplo: Roberto comprou comida.
a) os verbos exprimem sentimentos.
Exemplo: Ama a Deus.
b) pronome.
Exemplo: Suas palavras machucaram todos.
 
b) para evitar ambiguidade.
Exemplo: O professor ao aluno repreendeu.
c) numeral.
Exemplo: Ele encontrou dois ou três por aí.
 
c) quando vem antecipado, como um provérbio.
Exemplo: A pão e água ninguém consegue viver.
d) palavra ou expressão substantivada.
Exemplo: Não sabia o que dizer.
d) quando expresso por pronome pessoal oblíquo tônico.
Exemplos: A ti não interessa nada.
                   Amei a ti naquele momento.
e) oração substantiva (objetiva direta).
Exemplo: Os raios indicavam que a chuva seria forte.
e) com o pronome quem, quando o antecedente está claro.
Exemplo: A menina a quem muito ama é sua f lha.

Objeto direto pleonástico
Quando se quer chamar a atenção para o objeto direto que precede o verbo costuma-se repeti-lo, geralmente usando um pronome pessoal
átono. É o que se chama
objeto direto pleonástico.

Exemplos: Aquela mulher aprendi a amá-la.
                   Aquele cachorrinho de pelúcia guardei-o com amor e carinho.

02) Pronomes Oblíquos Átonos na função de objeto direto

Os pronomes oblíquos átonos que funcionam exclusivamente como objeto direto são: O, A, OS, AS

Ex. Procurei-o para pedir favores.
      A mãe felicitou-a
.

I.P.C.: Verbos transitivo direto, seguido de o, a, os, as:

Verbo terminado em vogal: Os pronomes não se modificam.

Verbo terminado em M, ÃO ou ÕE: Os pronomes se modificam para no, na, nos, nas.

Verbo terminado em R, S ou Z: Os pronomes se modificam para lo, la, los, las, e as terminações desaparecem.

Ex. Venderei as casas amanhã. = Vendê-las-ei amanhã.

.     Os bombeiros encontraram as crianças = Os bombeiros encontraram-nas.

      Os professores irão corrigir os trabalhos. = Os professores irão corrigi-los.


03) Objeto Indireto

É o termo que completa o sentido de um verbo transitivo indireto, por meio de uma preposição.

Ex. Gosto muito de crianças
      Você acredita em seus amigos?

Pode ser representado por:
a) substantivo
Exemplos: Precisei muito de Bárbara naquele dia.
                   Ela se lembrou do documento no último momento.
                 
b) pronome
Exemplos: Ela me apresentou a todos.
                    Expliquei-lhe a matéria muito bem.

c) numeral
Exemplos:  Preciso de dois milhões, hoje.
                    Referi-me somente aos três meninos.

d) palavra ou expressão substantivada
Exemplos: Falaram do barulho ensurdecedor.
                   Gostávamos do entardecer naquele morro.

e) oração substantiva (objetiva indireta)
Exemplos: Mandei avisá-los de que o jantar sairia tarde.
                   Ele se opõe a que você siga a carreira diplomática.

Objeto indireto pleonástico
Costuma-se realçar o objeto indireto para dar-lhe destaque, formando assim um objeto indireto pleonástico. Isso pode ser feito por meio
de um pronome pessoal átono ou pelo emprego de um substantivo ou pronome oblíquo tônico precedido de preposição.
Exemplos: A mim deu-me tudo o que precisava.


04) Pronomes Oblíquos Átonos na função de objeto indireto.

O pronome oblíquo átono que funciona exclusivamente como objeto indireto é:    LHE, LHES.

Ex. Disse-lhe a verdade.
      Entreguei-lhe os resultados dos exames de vestibular.

Pronomes que podem funcionar como objeto direto ou objeto indireto

IPC: Os pronomes oblíquos átonos (me, te, se, nos, vos) podem funcionar como objetos diretos ou objetos indiretos.

Ex. Eu te convido para a minha formatura. (Te=objeto direto)
     
A criança estendeu-me a mão. (Me=objeto indireto)