PÁGINA INICIAL DICIONÁRIO          LITERATURA           QUEM SOMOS    100 ERROS               SIMULADOS

 

A intenção é fixar a forma certa de algumas palavras e expressões que sempre trazem dificuldades para o brasileiro em geral.

Emprego de algumas palavras e expressões semelhantes:

          1. Mas e Mais:

              Mas é uma conjunção adversativa, de mesmo valor que "porém, contudo, todavia, no entanto, entretanto".
             
Mais é um advérbio de intensidade, mas também pode dar idéia de adição, acréscimo; tem sentido oposto a menos.

Ex. Eu iria ao cinema, mas (porém) não tenho dinheiro.
Ela é a mais (menos) bonita da escola.

          2. Onde, Aonde e Donde:

          Onde significa "em que lugar".
          Aonde significa "a que lugar".
          Donde significa "de que lugar".

Ex. Onde (em que lugar) você colocou minha carteira?

        Aonde (a que lugar) você vai, menina?
       
Donde (de que lugar) tu vieste?

         3. Mal e Mau

         Mal é advérbio, antônimo de "bem".
         Mau é adjetivo, antônimo de "bom"

Ex. Ele é um homem mau (não é bom); só pratica o mal (e não o bem).

          Mal também é substantivo, podendo significar "doença, moléstia, aquilo que é prejudicial ou nocivo"
          Ex. O mal da sociedade moderna é a violência urbana.

          4. A par e Ao par:

           A par é usado, no sentido de "estar bem informado", ter conhecimento".
           Ao par só é usado para indicar equivalência entre valores cambiais.

Ex. Estou a par de todos os acontecimentos.

O real está ao par do dólar.

          5. Ao encontro de e De encontro a:

            Ao encontro de indica "ser favorável a", "ter posição convergente" ou "aproximar-se de".
            De encontro a indica oposição, choque, colisão.

           Ex. Suas idéias vêm ao encontro das minhas, mas suas ações vão de encontro ao nosso acordo. (Suas idéias são tais quais as minhas,  mas suas ações são contrárias ao nosso acordo)

          6. Há e A na expressão de tempo:

          é usado para indicar tempo passado.
          A é usado para indicar tempo futuro.

Ex. Ele partiu duas semanas.

Estamos a dois dias das eleições.

           7. Acerca de, A cerca de e Há cerca de:

             Acerca de é locução prepositiva equivalente a "sobre, a respeito de".
             A cerca de indica aproximação.
             Há cerca de indica tempo decorrido.

Ex. Estávamos falando acerca de política.

Moro a cerca de 2 Km daqui.

Estamos rompidos há cerca de dois meses.

          8. Afim e A fim de:

                Afim é adjetivo equivalente a "igual, semelhante".
                A fim de é locução prepositiva que indica finalidade.

Ex. Nós temos vontades afins.

Ela veio a fim de estudar seriamente.

          9. Senão e Se não:

               Senão significa "caso contrário, a não ser".

               Se não ocorre em orações subordinadas adverbiais condicionais; equivale a "caso não".

Ex. Nada fazia senão reclamar.

Estude bastante, senão não sairá sábado à noite.

Se não estudar, não sairá sábado à noite.

         10. Nós viemos e Nós vimos:

              Nós viemos é o verbo vir no pretérito perfeito do indicativo, ou seja, no passado.
              Nós vimos é o verbo vir no presente do indicativo.

Ex. Ontem, nós viemos procurá-lo, mas você não estava.
         Nós vimos aqui, agora, para conversar sobre nossos problemas.

          11. Torcer por e Torcer para:

              Torcer por, pois o verbo torcer exige esta preposição.
              Torcer para é usado, quando houver indicação de finalidade, equivalente a "para que", "a fim de que".

          Ex. Torço pelo Santos.
                Torço para que o Santos seja o campeão.

         12. Desencargo e Descargo:

               Desencargo significa "desobrigação de um encargo, de um trabalho, de uma responsabilidade".
               Descargo significa "alívio".

          Ex. Filho que se forma é mais um desencargo de família para o pai.
                      Devolvi o dinheiro por descargo de consciência.

         13. Sentar-se na mesa e Sentar-se à mesa:

                Sentar-se na mesa significa sentar-se sobre a mesa.
                Sentar-se à mesa significa sentar-se defronte à mesa. O mesmo ocorre com "estar ao computador, ao telefone, ao portão, à janela

Ex. Sentei-me ao computador para trabalhar.
Sentei-me na mesa, pois não encontrei cadeira alguma.

         14. Ao invés de e Em vez de:

                Ao invés de indica "oposição, situação contrária".
                Em vez de indica "substituição, simples troca".

Ex. Em vez de ir ao cinema, fui ao teatro.

Descemos, ao invés de subir.

        15. Estadia e Estada:

  • Estadia é usado para veículos em geral.
  • Estada é usado para pessoas.

Ex. Foi curta minha estada na cidade.
         Paguei a estadia de meu automóvel.

          16. A domicílio e Em domicílio:

         A domicílio só se usa quando dá idéia de movimento.
         Em domicílio se usa sem idéia de movimento.

Ex. Enviarei a domicílio seus documentos.
         Fazemos entregas em domicílio

Levaram a domicílio as compras.
Damos aulas particulares em domicílio.

                     17. Despercebido e Desapercebido:

                    Despercebido significa "sem atenção".
                    Desapercebido significa "desprovido, desprevenido".

Ex. O fato passou-me totalmente despercebido.
         Ele estava desapercebido de dinheiro.

18) Viagem / Viajem?

Viagem, com g,
é substantivo.
Exemplos: Minha viagem foi cansativa...
                   Uma viagem inesquecível.

Viajem, com j
, é forma do verbo viajar. Todas as formas desse
verbo são grafadas com j.
Exemplos: Viajei na semana passada.
                    Ela quer que eu viaje agora.

19)  Para eu / Para mim?
      
Emprega-se eu quando o pronome for sujeito de um verbo no infinitivo; emprega-se mim quando o pronome for complemento, ou adjunto adverbial:

Exemplos: Ele ofereceu um livro para mim.
                   Ele dera o livro para eu guardar.
                   Não é difícil, para mim, ir lá.

20)  Por isso / de repente / a partir de
      
São expressões que, por serem compostas por vocábulos independentes, são grafadas separadamente: por isso; de repente;
por isso ou por isto; a partir de.

21) Entre eu e tu / Entre mim e ti?
      
A forma correta é entre mim e ti.
Exemplo: Entre mim e ti, está tudo acabado.

IPCLembre-se de que as preposições essenciais só aceitam as formas mim e ti: de mim; de ti; para mim; para ti; a mim; a ti; por mim; por ti;
em mim; em ti, dentre outras.
Exemplo: Sem mim, você não vai à festa.

22)  Haja vista / Haja visto?

Deve-se empregar a expressão haja vista, já que a palavra vista, nesse caso, é invariável.
Haja vista significa por causa de, devido a, uma vez que, visto que, já que, tendo em vista.
Exemplo: O trânsito nas estradas tem estado caótico, haja vista o trágico acidente de ontem.

23)  A princípio / Em princípio?

a) A expressão a princípio significa no começo, inicialmente.
Exemplo: A princípio, eles discordavam de tudo o que estava sendo discutido.

b) A expressão em princípio significa em tese.
Exemplo: Em princípio, o preço solicitado parece-nos justo.

24) Ao nível de / Em nível de?

a) Ao nível de significa à altura de; no mesmo plano em que.
Exemplo: Várias residências foram construídas
ao nível do mar.

b) Em nível de significa perfeitamente horizontal.
Exemplo: O assunto será tratado
em nível de diretoria.

IPC: Você consegue imaginar um resultado satisfatório “a nível de diretoria?”
A expressão a nível de é inadequada, sempre. Agora, se for possível pospor à preposição “a” o artigo “o”, apresentando o significado de

“à mesma altura”, a frase torna-se aceitável.

Veja:
Gosto de viver ao nível do mar.

O uso da expressão em nível de também é equivocado. Use “em nível de” apenas se apresentar o sentido de “no mesmo nível”, ou seja, os participantes da reunião estão no mesmo nível da diretoria.

Ex. A reunião hoje acontecerá a nível de diretoria.

25) Asterístico / Asterisco?

A palavra asterisco, sinal gráfico em forma de estrela *, é diminutivo de astro.
Assim como usamos chuvisco, e não chuvístico, para o diminutivo de chuva (pequena chuva, chuva miúda), usamos também a forma asterisco e não asterístico.

26) Duzentos gramas / Duzentas gramas?

O grama
e o quilograma, unidades de massa, são termos masculinos.
Exemplo: Por favor, quero quinhentos gramas de muçarela.

A grama, termo feminino, é sinônimo de capim.
Exemplo:Você pode cortar a grama no final de semana?

27)  Sessão / Cessão / Seção?

a)O termo sessão deve ser empregado no sentido de tempo de duração de um espetáculo, de uma reunião.
Exemplo:A sessão da tarde começa às 15 horas diariamente.

b) O termo seção significa parte, divisão.
Exemplo: A seção de roupas infantis está em promoção.

c) O termo cessão significa ato de ceder.
Exemplo: O Governo fez a cessão das terras aos moradores de Sarutaiá.

28) Demais ou De mais?
Demais é, na maior parte das vezes, advérbio de intensidade, mas também pode ser substantivo ou adjetivo.
De mais também existe. É uma expressão que tem o sentido equivalente a “de menos”. E ademais, existe ou não?

Demais
1. A palavra demais é empregada como advérbio de intensidade com o sentido de muito.
Exemplos:
Ela escreveu demais.
Acordaram tarde demais.
Éramos crianças demais.

2. Demais também pode ser empregada como substantivo.
Exemplos:
Os
demais se espantaram com  aquele acontecimento.
Quanto aos demais, não se preocupe com eles.

3. Demais, finalmente, pode ser adjetivo ou pronome indefinido no sentido de "os outros".
Exemplos:
Os demais membros da família já foram convidados.
Por que eu tenho que ir com os demais alunos?

De Mais
A expressão "de mais" refere-se a um substantivo ou a um pronome e tem o sentido contrário de "de menos".
Exemplos:
Não vejo nada de mais nessa gravura.
Aquele vestido não tinha nada de mais.


Ademais
Ademais é um advérbio que tem o mesmo sentido de “além disso”.
Exemplos:
Acho que você deveria aproveitar porque não está chovendo. Ademais, pode não ter tempo para sair amanhã.
Fazemos as compras hoje, ademais estamos perto do supermercado.
Não tem com o que se preocupar, ademais, eu estou aqui para o que precisar.
Fui mal atendida! Ademais, estava cheia de dores de cabeça.


Não erre mais!
Demais = muito, os outros.
De mais = “de menos”.
Ademais = além disso.


Próximo