PÁGINA INICIAL DICIONÁRIO          LITERATURA                 QUEM SOMOS              FALE CONOSCO                    100 ERROS               SIMULADOS

Substantivo

É a palavra variável que nomeia os seres em geral - reais ou imaginários, concretos ou abstratos. Neste caso são substantivos os nomes de:

lugares: Brasil, Rio de Janeiro etc.;
pessoas: Roberto, Carla, Paulo etc.;
coisas: porta, mesa, cadeira etc.;
ações: corrida, mergulho etc.;
espécie: artista, visitante etc.;
sentimentos: amor, felicidade,
estados ou qualidades: tristeza, beleza etc.

IPC: morfossintaxe do substantivo

Nas orações de língua portuguesa, o substantivo em geral exerce funções diretamente relacionadas com o verbo:
atua como núcleo do sujeito, dos complementos verbais (objeto direto ou indireto) e do agente da passiva. Pode
ainda funcionar como núcleo do complemento nominal ou do aposto, como núcleo do predicativo do sujeito ou do
objeto ou como núcleo do vocativo. Também encontramos substantivos como núcleos de adjuntos adnominais e
de adjuntos adverbiais - quando essas funções são desempenhadas por grupos de palavras.


Classificação e Formação

01) Substantivo Comum: Substantivo comum é aquele que designa os seres de uma espécie de forma genérica. Por exemplo 
casa, jornal, país, animal


02) Substantivo Próprio: Substantivo próprio é aquele que designa um ser específico, determinado, individualizando-o.
Por exemplo Engenho de Dentro, O dia, Brasil, Sergipe. O substantivo próprio sempre deve ser iniciado com letra maiúscula.

03) Substantivo Concreto: Substantivo concreto é aquele que designa seres que existem por si só independente de outros.
Por exemplo casa, mar, homem, teclado

04) Substantivo Abstrato: Substantivo abstrato é aquele que designa qualidades, sentimentos, estados ou ações cuja a
existência depende de outros seres
. Por exemplo
corrida (prática de correr), beleza (existência do belo), prazer, alegria.


Formação dos substantivos

Os substantivos, quanto à sua formação, podem ser:

01) Substantivo Primitivo: É primitivo, o substantivo que não se origina de outra palavra existente na língua portuguesa.
Por exemplo
ferro, noite, pedra.

02) Substantivo Derivado: É derivado, o substantivo que provém de outra palavra da língua portuguesa.
Por exemplo
ferreiro,anoitecer, pedreiro.

03) Substantivo Simples: É simples, o substantivo formado por um único radical.
Por exemplo
mesa, água, amor, tempo.

04) Substantivo Composto: É composto, o substantivo formado por dois ou mais radicais.
Por exemplo
água-de-colônia, couve-flor, amor-perfeito.

Substantivo Coletivo

É coletivo o substantivo que, estando no singular indica diversos elementos de uma mesma espécie.

abelha - enxame, cortiço, colméia
acompanhante - comitiva, cortejo, séqüito
alho - (quando entrelaçados) réstia, enfiada, cambada
aluno - classe
amigo - (quando em assembléia) tertúlia
animal - em geral = piara, pandilha, todos de uma região = fauna; manada de cavalgaduras = récua, récova; de carga = tropa; de carga, menos de 10 = lote; de raça, para reprodução = plantel; ferozes ou selvagens = alcatéia
anjo - chusma, coro, falange, legião, teoria
apetrecho - (quando de profissionais) ferramenta, instrumental
aplaudidor - (quando pagos) claque
argumento - carrada, monte, montão, multidão
arma - (quando tomadas dos inimigos) troféu
arroz - batelada
artigo - (quando heterogêneo) mixórdia
artista - (quando trabalham juntos) companhia, elenco
árvore - quando em linha = alameda, carreira, rua, souto; quando constituem maciço = arvoredo, bosque; quando altas, de troncos retos a aparentar parque artificial = malhada
asneira - acervo, chorrilho, enfiada, monte
asno - manada, récova, récua
assassino - choldra, choldraboldra
assistente - assistência
astro - (quando reunidos a outros do mesmo grupo) constelação
ator - elenco
autógrafo - (quando em lista especial de coleção) álbum
ave - (quando em grande quantidade) bando, nuvem
avião - esquadrão, esquadria, flotilha
bala - saraiva, saraivada
bandoleiro - caterva, corja, horda, malta, súcia, turba
bêbado - corja, súcia, farândola
boi - boiada, abesana, armento, cingel, jugada, jugo, junta, manada, rebanho, tropa
bomba - bateria
borboleta - boana, panapaná
botão - de qualquer peça de vestuário = abotoadura; quando em fileira = carreira
burro - em geral = lote, manada, récua, tropa; quando carregado = comboio
cabelo - em geral = chumaço, guedelha, madeixa; conforme a separação = marrafa, trança
cabo - cordame, cordoalha, enxárcia
cabra - fato, malhada, rebanho
cadeira - (quando dispostas em linha) carreira, fileira, linha, renque
cálice - baixela
camelo - (quando em comboio) cáfila
caminhão - frota
canção - quando reunidas em livro = cancioneiro; quando populares de uma região = folclore
canhão - bateria
cantilena - salsada
cão - adua, cainçalha, canzoada, chusma, matilha
capim - feixe, braçada, paveia
cardeal - (em geral) sacro colégio, (quando reunidos para a eleição do papa) conclave, (quando reunidos sob a direção do papa) consistório
carneiro - chafardel, grei, malhada, oviário, rebanho
carro - quando unidos para o mesmo destino = comboio, composição; quando em desfile = corso
carta - em geral = correspondência; quando manuscritas em forma de livro = cartapácio; quando geográficas = atlas
casa - (quando unidas em forma de quadrados) quarteirão, quadra.
cavaleiro - cavalgada, cavalhada, tropel
cavalgadura - cáfila, manada, piara, récova, récua, tropa, tropilha
cavalo - manada, tropa
cebola
- (quando entrelaçadas pelas hastes) cambada, enfiada, réstia

Continue seus estudos Flexão dos  substantivos